Crueldade: Idoso é assassinado com golpes de machado na zona rural

   
Um homem de 69 anos foi assassinado com golpes de machado, na noite de sábado (1/8), em Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá. A Polícia Militar teria sido acionada por volta das 19h50, para socorrer o ancião que, segundo denúncia, estaria sendo espancado na localidade de Largo da Caatinga, próximo ao povoado do Alto da Serra, distante mais de 20 km da sede do município.

Segundo informações do Tenente/PM João de Deus ao Blog Marcos Frahm, chegando ao local, a guarnição encontrou o idoso Otávio Ferreira agonizando, despido, apresentando perfurações a golpes de machado no crânio e em várias partes do corpo, sendo socorrido pelos policiais ao Hospital Municipal de Jaguaquara – HMJ, dando entrada na unidade hospitalar sem sinais vitais.


Ainda de acordo com a polícia, o ato cruel foi praticado ao lado da casa da vítima, e próximo ao corpo foi encontrado o machado utilizado para a prática do crime, além de um candeeiro usado pela vítima. Não se sabe se trata-se de um latrocínio, ou quais foram as circunstâncias do bárbaro crime, que chocou moradores da localidade onde Otavio residia. A Delegacia Territorial de Jaguaquara terá a incumbência de investigar o caso. BlogMarcosFrahm

Livramento: Polícia fecha rinha de galo e prende 25 pessoas

Em torno de 25 pessoas foram parar na delegacia Livramento de Nossa Senhora, no sudoeste do estado, após serem flagradas em uma rinha de galo, contravenção penal proibida por lei. A rinha funcionava em uma propriedade próxima à comunidade dos Patos, que fica a quatro quilômetros da sede do município. Uma denúncia anônima fez com que policiais militares da 46ª CIPM fizessem as detenções. No local, ainda foram encontrados objetos, como esporas e material usado para fazer intervenções nos animais. Segundo a Polícia, foram apreendidos 59 galos, que ficarão apreendidos à disposição da Justiça. Entre os presos, está o proprietário da rinha. (BN)

"Vou deixar a música baiana um pouco de lado", revela Bell Marques

O cantor Bell Marques fez uma revelação em entrevista ao colunista Léo Dias, do jornal 'O Dia'. O baiano adiantou que vai passar a se dedicar a novos projetos e que, por conta disso, vai dar uma pausa no axé. "Vou deixar a música baiana um pouco de lado e cantar vários forrós", contou ele. Questionado se teria deixado o Chiclete com Banana por conta de alguma briga, Bell negou: "de forma alguma. Não teve briga".

Operador baiano vai devolver U$ 70 milhões à Petrobras

O baiano e operador Hamylton Padilha que teve um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF) homologado pela Justiça Federal do Paraná prometeu devolver cerca de U$ 70 milhões de dólares à Petrobras, informou a Coluna Radar, da Veja. Padilha detalhou como funcionou um suposto esquema para operar pagamentos de propina em um contrato para cessão do navio-sonda Titanium Explorer para a estatal. Na sexta-feira (31), outra soma desviada, desta vez pelo ex-gerente de engenharia na Diretoria de Serviços da Petrobras, Pedro Barusco, foi devolvida aos cofres da estatal. Foram R$ 69 milhões recuperados pela estatal, dos U$ 97 milhões de dólares que o ex-diretor se comprometeu a devolver.(BN)

LUTO: Syrbene Oliveira Gomes Silva, aos 40 anos

Foto: Reprodução | Facebook
Médica Ginecologista conceituada no Sudoeste Baiano, veio a óbito na madrugada deste sábado (1), em Maiquinique, Syrbene Oliveira Gomes Silva, de 40 anos. A doutora Syrbene Gomes, que atuava em Itapetinga, era irmã gêmea do delegado da Polícia Civil, Roberto Junior. De acordo com fontes locais, ela estava desaparecida desde a noite anterior, sendo encontrada sem vida num riacho dentro da Fazenda Pau Sangue, pertencente aos seus familiares. Ela era desquitada e tinha dois filhos. O corpo seguiu para necropsia no Instituto Médico Legal de Vitória da Conquista. O caso está sendo investigado pela 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior.(Blog do Anderson) 

São Felipe BA: Seleção local perde de 3x0 para a equipe nazarena

Foi realizado na tarde desta ultima sexta-feira (31/07) mais um jogo treino com seleção sub-18. Na semana passada o time perdeu para a seleção de Conceição do Almeida 2 x 0. Está semana mais uma vez a equipe não correspondeu e perdeu por 3x0 para a seleção de Nazaré. 

O jogo foi disputado no estádio municipal Francisco Guedes, a partida teve inicio por volta das 16hs e terminou as 17:45hs. Arbitragem ficou por conta de Lazaro de Jesus 26 anos que comandou o apito e foi assistido por Millas Silva de 21 anos e Welliton Batista.

As escalações da equipes:

Seleção de Nazaré:

Escalação da seleção de Nazaré:
Goleiro cabacinho, Darlan, Anderson, Alefon, Lieison, Renan, Melo, Serginho, Elesson, Cal, Kiko. Comissão :Auxiliar Técnico Ladeirinha

Seleção de São Felipe: 


Goeiro Bega, Neto das carobas, Matheus Sampaio, Marcelo (guele), Gel da Mangueira, Agachado, Rincón, Adson (ninho), Erick, Gachi, Luan do Ritiro, Jhan Borba. Técnico Beto Peixoto

Tancredo Neves: Bandidos fortemente armados explodem caixa eletrônico do Banco do Brasil

Mais uma agência bancária foi explodida na madrugada deste sábado (01). Segundo informações da Polícia Militar, homens fortemente armados estouraram os caixas eletrônicos do Banco do Brasil da cidade de Tancredo Neves no recôncavo baiano.

 Ainda de acordo com a PM, os criminosos estavam em um veículo modelo Corola de cor branca de placa não anotada e após realizarem a ação, os meliantes fugiram levando o dinheiro dos caixas. Guarnições da polícia estão fazendo buscas na região, mas até o momento ninguém foi preso. (Voz da Bahia/ Foto: PTN News)

FHC diz que Dilma é "honrada" e responsabiliza Lula por escândalos

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) eximiu a presidente Dilma Rousseff de responsabilidade direta nos escândalos de corrupção que levaram o governo à mais grave crise já enfrentara pelo PT desde sua chegada ao Planalto, em 2003.Em entrevista à revista alemã "Capital", o tucano diz que a petista é "honrada" e que a responsabilidade "política" pela situação atual é do antecessor dela, Luiz Inácio Lula da Silva.

Questionado se via envolvimento de Dilma no escândalo da Petrobras, FHC disse que não. "Não diretamente". "O partido dela sim, naturalmente. O tesoureiro [João Vaccari Neto] está na cadeia", disse."Eu a considero uma pessoa honrada", disse FHC. "Não tenho nenhum ódio na política", concluiu. Já sobre o envolvimento do ex-presidente Lula, o tucano disse não saber "em que medida" se poderia atribuir algo a ele, mas que "politicamente é responsável"."O escândalo começou no governo dele", diz FHC, que lembra durante a entrevista o esquema do mensalão, descoberto em 2005, ainda no primeiro mandato de Lula."Como ele poderia não saber de nada com o número dois do governo envolvido?", indaga, numa referência ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) por participação no caso. "Era impossível que ele [Lula] não soubesse. Todos sabiam que havia algo esquisito, mas provar isso é outra coisa", avaliou.
O tucano concedeu a entrevista em seu escritório, em São Paulo, o que indica que as declarações foram dadas há pelo menos três semanas, já que FHC saiu de férias neste período.As falas, portanto, ocorreram antes de a reportagem revelar que interlocutores do petista e do Palácio do Planalto procuraram FHC para estimular uma conversa entre ele e Lula sobre o futuro do governo Dilma.


Cadeia:Apesar de atribuir responsabilidade política a Lula nos escândalos de corrupção, FHC diz que é preciso "haver algo concreto" para considerar a possibilidade de uma condenação. "Talvez ele seja convidado a depor como testemunha e isso já seria desmoralizante o suficiente."O tucano afirma que uma condenação de Lula "dividiria o país" e diz ressalta que o petista é um "líder popular" com uma história de vida comovente."Ele é um símbolo e esse símbolo não deve ser destruído, ainda que isso beneficie o meu partido. É preciso ter sempre o futuro do país em mente", sinalizou.(Tribuna)

Greve de servidores do INSS prejudica execução de nova lei da aposentadoria na Bahia

Por conta da greve dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), possíveis beneficiados com a nova regra 85/95, que prevê o pagamento do benefício integral sem as perdas do fator previdenciário, são prejudicados na BahiaA nova fórmula da aposentadoria prevê que os segurados podem escolher se querem se aposentar pela fórmula 85/95 ou pelo fator previdenciário, a partir do momento de requisição da aposentadoria. 

De acordo com o órgão, o sistema informa também qual é o benefício mais vantajoso. O agendamento pode ser feito em outubro, ou mesmo só para o final de dezembro, a depender do local em que o candidato à aposentadoria residir. Com base no último boletim divulgado pelo INSS, 45% das unidades baianas estão paralisadas, o que corresponde a 60 do total de 133 agências do órgão no estado, informou o Correio. 

Em Salvador, o atendimento parcial está disponível apenas nas agências das Mercês, Centro Histórico, Brotas e Itapuã. Além do reajuste salarial, a categoria pede a ampliação do quadro de funcionários por concurso público, a incorporação das gratificações ao salário e a melhoria das condições de trabalho. Quanto ao aumento, os servidores reivindicam 27,3%, que alegam ser reposição das perdas salariais desde 2010. O governo ofereceu 21%, divididos ao longo dos próximos quatro anos. (BN)

Advogada de delatores acusa deputados da CPI de persegui-la: ‘Fechei meu escritório’

Foto: Reprodução / TV Globo
A advogada Beatriz Catta Preta, em entrevista ao Jornal Nacional, afirmou que deputados que integram a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras tentam intimidá-la e persegui-la, após a delação do empresário Júlio Camargo envolver o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

 Ela foi responsável por acordos de delações premiadas de nove investigados na Operação Lava Jato, entre eles Paulo Roberto Costa e Pedro Barusco. “Não recebi ameaças de morte, não diretas. Mas elas vêem de forma velada, cifradas. Vamos dizer que aumentou essa tensão, aumentou a tentativa de intimidação a mim e a minha família”, relatou a causídica nesta quinta-feira (30). Segundo ela, Júlio Camargo apresentou novas informações por “fidelidade” ao processo de delação. “Antes ele tinha receio, tinha medo de chegar ao presidente da Câmara”, sinalizou Beatriz, sem citar nominalmente Cunha. 

A advogada rechaçou ainda as cifras, citadas em R$ 20 milhões, e eventuais pagamentos no exterior pelo trabalho os acordos de delação. “Esse número é absurdo. Não chega perto da metade disso. O dinheiro foi pago via transferência bancária ou cheque, com nota fiscal e impostos recolhidos. Nunca recebi um centavo fora do Brasil”, garantiu. Por conta do receio, após um período de férias nos Estados Unidos, a jurista encerrou a carreira de advogada. “Depois de tudo o que está acontecendo e por zelar pela segurança da minha família eu resolvi encerrar minha carreira na advocacia, fechei meu escritório”, apontou. (BN)

Juíza que viu ex-colega durante julgamento tem reencontro surpreendente

O tribunal de Miami que foi cenário de um emocionante encontro entre uma juíza e um suspeito de roubo, que haviam estudado juntos no Ensino Médio, foi novamente palco de um novo reencontro.
 A juíza Mindy Glazer, que atua em Miami, no sul da Flórida, encontrou um novo conhecido durante um julgamento na última segunda-feira (27).

Alon Glenn, passageiro que estava em um cruzeiro que ela fez recentemente para o Caribe, foi ao tribunal sob uma acusação de fraude. "Você passou um bom tempo no cruzeiro? Eu estava lá, mas voltei porque tenho que trabalhar, tenho que cuidar de quatro crianças", disse a juíza.
"Você estava no cruzeiro nessa semana que passou?", perguntou Glenn, visivelmente confuso com a situação. Após alguns segundos, o homem abriu um sorriso. "Me diverti. Você não me viu dançando?".
"Voce estava dançando? Eu estava sentada na parte de cima das escadas, nas sombras. Foi um cruzeiro divertido, não é?", disse a juíza. "Sim. Mas isso é um pouco maluco", disse o homem, ainda surpreso de ter sido reconhecido. Veja vídeo:


ReencontroA situação aconteceu semanas depois de Mindy Glazer reencontrar um suspeito de roubo que havia estudado junto com ela no ensino médio. Arthur Booth, 49 anos, havia sido preso e recebia a sentença da juíza, quando ela interrompeu o para perguntar se os dois não haviam frequentado a escola Nautilus Middle School. 

Ela lembra que os dois costumavam ser amigos e jogar futebol durante o recreio. "Você era o garoto mais legal da escola. Ele era o melhor da escola", disse surpresa a juíza aos presentes no tribunal. O homem vai às lágrimas ao reconhecer na figura da juíza a antiga amiga. "Meu Deus, Meu Deus", é tudo o que ele consegue dizer enquanto chora.


A juíza, visivelmente emocionada, lamentou que Arthur tenha seguido pelo lado do crime e o deseja sorte. "Eu lamento vê-lo aqui", disse a juíza. Arthur foi preso por roubo e resistência à prisão. Assista abaixo o emocionante momento: (Correios 24hs)
Proxima  → Inicio